D. TERESA – Uma Mulher que não abriu Mão do Poder

NOVIDADE

D. TERESA – Uma Mulher que não abriu Mão do Poder

OFERTA DE ROTEIRO Com esta nova edição, oferta de roteiro escrito pela autora que convida o leitor a percorrer os Caminhos de D. Teresa, de Guimarães até Toledo- Espanha.

O seu destino estava marcado por uma palavra mágica e poderosa, gritada ao vento e escrita num pergaminho virgem, com pena de pato macho: anisisapta.
Esta é a sua história. A história de Teresa, filha de Ximena Moniz do Bierzo, de quem herdou os olhos verdes e a astúcia, e de Afonso VI de Leão e Castela que, legitimando-a, lhe sussurrou ao ouvido: «Teresa, filha minha.» Filha de um imperador, dele herdou o feitio temperamental e a paixão pelo poder. Viúva aos vinte e cinco anos do conde D. Henrique de Borgonha, regeu com pulso de ferro o que era seu por direito. Em 1116, o papa Pascoal II chamava-lhe rainha.
Isabel Stilwell, a autora de romances históricos mais lida em Portugal, traz-nos um romance emocionante sobre esta personagem fundamental na nossa história. Uma mulher de armas, à frente do seu tempo, que governou num mundo de homens e de conspirações.
Pelo seu Condado Portucalense confrontou a meia-irmã e rival rainha Urraca de Castela, o pai, a Igreja Católica, os nobres portucalenses e até mesmo o próprio filho D. Afonso Henriques. A cavalo, de espada em riste, enfrentou-o na lendária Batalha de São Mamede, em 1128.
Trinta e três anos depois de ter chegado ao condado com tanta esperança, tantos sonhos, via-se obrigada a fugir, derrotada pelo seu próprio sangue, traída…O seu único consolo era ter ao lado o seu amor Fernão Peres de Trava e a certeza de que em Sahagún, Alberto, fiel amigo, escreveria com verdade a sua história. Imortalizada.

22.00 19.80

Em stock

Comprar Ebook
  • Sobre o livro
  • Detalhes do produto

Descrição

 

OFERTA DE ROTEIRO Com esta nova edição, oferta de roteiro escrito pela autora que convida o leitor a percorrer os Caminhos de D. Teresa, de Guimarães até Toledo- Espanha.

O seu destino estava marcado por uma palavra mágica e poderosa, gritada ao vento e escrita num pergaminho virgem, com pena de pato macho: anisisapta.
Esta é a sua história. A história de Teresa, filha de Ximena Moniz do Bierzo, de quem herdou os olhos verdes e a astúcia, e de Afonso VI de Leão e Castela que, legitimando-a, lhe sussurrou ao ouvido: «Teresa, filha minha.» Filha de um imperador, dele herdou o feitio temperamental e a paixão pelo poder. Viúva aos vinte e cinco anos do conde D. Henrique de Borgonha, regeu com pulso de ferro o que era seu por direito. Em 1116, o papa Pascoal II chamava-lhe rainha.
Isabel Stilwell, a autora de romances históricos mais lida em Portugal, traz-nos um romance emocionante sobre esta personagem fundamental na nossa história. Uma mulher de armas, à frente do seu tempo, que governou num mundo de homens e de conspirações.
Pelo seu Condado Portucalense confrontou a meia-irmã e rival rainha Urraca de Castela, o pai, a Igreja Católica, os nobres portucalenses e até mesmo o próprio filho D. Afonso Henriques. A cavalo, de espada em riste, enfrentou-o na lendária Batalha de São Mamede, em 1128.
Trinta e três anos depois de ter chegado ao condado com tanta esperança, tantos sonhos, via-se obrigada a fugir, derrotada pelo seu próprio sangue, traída…O seu único consolo era ter ao lado o seu amor Fernão Peres de Trava e a certeza de que em Sahagún, Alberto, fiel amigo, escreveria com verdade a sua história. Imortalizada.

Informação adicional

Peso0.768 kg
ISBN978-972-24-2003-7
Data PublicaçãoMarço 2021
Dimensões15.5 × 23.5 cm
Número de Páginas600
EncadernaçãoCapa mole
Faixa Etária +18 anos

Também pode gostar…