• Carta ao Cavaleiro de Nada

    Menção Honrosa no Prémio Branquinho da Fonseca 2018 (jornal Expresso e Fundação Caloste Gulbenkian)

    Numa carta ao seu misterioso amigo Cavaleiro de Nada, o pequeno Fernando Pessoa conta a fantástica aventura que viveu a bordo de um barco chamado Castelo, a caminho da África do Sul.

    Aí, perseguiu um gato ladrão, desvendou enigmas e conheceu três novos amigos, todos especiais e diferentes – o Alberto, o Álvaro e o Ricardo.

    Nesta história, pensada para apresentar aos mais novos o maravilhoso mundo de Fernando Pessoa, o sonho mistura-se com a realidade, a obra do poeta espreita a cada esquina e os seus heterónimos mais famosos ganham vida.

    12.90 9.03
  • Que Monstros Fabricamos?

    Autor vencedor do Prémio Hans Christian Andersen 2010. Que monstros fabricamos? foi shortlisted para o Costa Children’s Book Award e a Carnegie Medal, e também adaptado a longa-metragem pela BBC. Davie e o seu melhor amigo Geordie assistem, fascinados, à chegada de um misterioso rapaz à aldeia: Stephen Rose não tem pais nem amigos, o seu rosto é pálido, o seu olhar sombrio, e vai viver para a casa de Crazy Mary. A sua ocupação favorita é esculpir figuras de barro… Sem se aperceberem, os dois rapazes encontram-se de repente num caminho escorregadio, numa engrenagem terrível que dará vida a um monstro ameaçador; enquanto aos poucos o passado de Stephen surge, as suas vidas mudam para sempre. Um livro poderoso e inquietante, por vezes perturbador, em que, subtilmente, a fronteira entre o real e a alucinação se torna dúbia.

    Plano Nacional De Leitura

    13.45 9.42
  • As Minas do Rei Salomão

    Uma edição paralela do romance inglês – traduzido expressamente para este fim – e da “versão” de Eça de Queiroz, com um estudo comparativo de José-Augusto França, permite confrontar pela primeira vez os dois textos, e sub
    linhar o valor total da obra do grande escritor português.Plano Nacional De Leitura

    22.65 15.86