Um Homem das Arábias – Pêro da Covilhã I

Um Homem das Arábias – Pêro da Covilhã I

Nos finais do Século XV, Pêro da Covilhã, o Escudeiro e espião preferido de D. João II, parte em busca da rota das especiarias e do mítico reino do Preste João, viajando primeiro até ao Cairo com Afonso de Paiva e depois sozinho por três continentes, disfarçado de mercador mouro. Aventureiro dos quatro costados, misto de globetrotter, Indiana Jones e James Bond, Pêro da Covilhã possuía talentos extraordinários que o distinguiam de entre os grandes homens do seu tempo: uma memória quase fotográfica, a arte de criar os mais perfeitos disfarces para assumir novas identidades, uma mestria no manejo de todas as armas da época e a capacidade de falar árabe como um natural e aprender rapidamente as línguas mais estranhas. Primeiro nas missões de espionagem em Fez, depois durante a sua viagem de cerca de quatro anos pelo Oriente (1487-1492), enfrentou dificuldades e perigos terríveis e viu prodígios de tal modo espantosos quer nas zonas desertas do Norte de África e da Arábia, na selva monçónica ou na floresta tropical da Índia, quer ainda nas savanas e bosques espinhosos da costa oriental africana ou nas terras da Abissínia do Reino do Preste João. Poucos homens se puderam gabar de ter uma vida e um saber de experiências feito, sequer próximos dos seus, pois conheceu lugares, povos e animais nunca antes contemplados por olhos europeus. Esta Colecção destina-se não a um público infantil, mas a leitores já do Ensino Secundário e Universitário (e também a adultos de espírito jovem e aventureiro!), visto alguns romances abordarem com crueza temas e episódios verídicos que poderão ser eventualmente chocantes para determinadas sensibilidades. Escrevo intencionalmente para leitores desta faixa etária por achar que têm recebido muito pouca atenção da parte dos escritores nacionais, na medida em que, para este público, praticamente só se encontram no mercado livreiro traduções de autores estrangeiros, como Tolkien, enquanto abundam as colecções de romances portugueses para menores de 15 anos. Talvez, por isso, tantos jovens adultos afirmem não gostarem de ler…

8.08

Esgotado

REF: 91003 Categoria: Etiqueta:
  • Sobre o livro
  • Detalhes do produto

Descrição

Nos finais do Século XV, Pêro da Covilhã, o Escudeiro e espião preferido de D. João II, parte em busca da rota das especiarias e do mítico reino do Preste João, viajando primeiro até ao Cairo com Afonso de Paiva e depois sozinho por três continentes, disfarçado de mercador mouro. Aventureiro dos quatro costados, misto de globetrotter, Indiana Jones e James Bond, Pêro da Covilhã possuía talentos extraordinários que o distinguiam de entre os grandes homens do seu tempo: uma memória quase fotográfica, a arte de criar os mais perfeitos disfarces para assumir novas identidades, uma mestria no manejo de todas as armas da época e a capacidade de falar árabe como um natural e aprender rapidamente as línguas mais estranhas. Primeiro nas missões de espionagem em Fez, depois durante a sua viagem de cerca de quatro anos pelo Oriente (1487-1492), enfrentou dificuldades e perigos terríveis e viu prodígios de tal modo espantosos quer nas zonas desertas do Norte de África e da Arábia, na selva monçónica ou na floresta tropical da Índia, quer ainda nas savanas e bosques espinhosos da costa oriental africana ou nas terras da Abissínia do Reino do Preste João. Poucos homens se puderam gabar de ter uma vida e um saber de experiências feito, sequer próximos dos seus, pois conheceu lugares, povos e animais nunca antes contemplados por olhos europeus. Esta Colecção destina-se não a um público infantil, mas a leitores já do Ensino Secundário e Universitário (e também a adultos de espírito jovem e aventureiro!), visto alguns romances abordarem com crueza temas e episódios verídicos que poderão ser eventualmente chocantes para determinadas sensibilidades. Escrevo intencionalmente para leitores desta faixa etária por achar que têm recebido muito pouca atenção da parte dos escritores nacionais, na medida em que, para este público, praticamente só se encontram no mercado livreiro traduções de autores estrangeiros, como Tolkien, enquanto abundam as colecções de romances portugueses para menores de 15 anos. Talvez, por isso, tantos jovens adultos afirmem não gostarem de ler…

Informação adicional

Weight 0.198 kg
Dimensions 14 x 21 cm