Products tagged “Jornalismo”

  • AUDIÊNCIAS CATIVAS ?

    Sabia que em Portugal nos manuais escolares aparece publicidade encapotada sob a forma de imagens de produtos comerciais com as marcas? Em manuais de matemática por exemplo, pede-se às crianças que se some figuras – até aqui tudo normal –, mas sucede que essas figuras são latas de um determinado refrigerante ou ovos de chocolate de determinada marca.

    Fotografias de refrigerantes, chocolates, biscoitos, ou então a materiais escolares como determinada marca de cola, são alguns dos muitos exemplos do Estudo que saiu a público na edição de “Audiências Cativas – as imagens-marca no Manual Escolar”. Um estudo científico que denuncia uma prática tão frequente quanto polémica.

    O marketing produz um impacto cada vez maior no consumidor infantil, tem repercussões fortes na formação das crianças que, também na escola, têm de ser já capazes de agir face aos media e ao consumo. Nesta obra, a autora, Isabel Farinha, capta de modo arguto e pertinente, mas sem tecer juízos de valor, as considerações contraditórias dos discursos dos agentes sociais intervenientes neste processo didáctico-pedagógico.

    A autora, Isabel farinha é licenciada em Sociologia e mestre em Comunicação, Cultura e Tecnologias da Informação pelo Iscte, onde desenvolve actualmente o doutoramento em Sociologia da Comunicação. Iniciou o seu percurso profissional em Agência de meios, tendo sido paneadora de Meios na Opimedia/Grupo Publicis e Executiva de media na Team, SA. No campo do ensino, leccionou na Escola de Comércio de Lisboa; no ISMAG – Universidade Lusófona, extensão de Torres Vedras e ainda na Escola Superior de Educação Jean Piaget.

    13.36€
  • Framing, o enquadramento das notícias

    Os estudos sobre framing, ou enquadramento, vêm conhecendo um desenvolvimento notável nas últimas décadas. O conceito, ainda em desenvolvimento, logrou subsumir uma série de perspetivas e de práticas muito orientadas numa direção específica, oriundas de disciplinas académicas variadas, gerando o “paradigma fraturado” de que fala Robert Entman para caracterizar estes estudos. A questão persiste ainda hoje, materializada em alguma polissemia recobrindo o conceito – diferentes investigadores falando de framing podem estar a referir-se a coisas distintas –, e há sem dúvida muitos progressos metodológicos a fazer, no sentido em que também neste campo há fragmentação de práticas e ausência de um modelo canónico a seguir. Os contributos da Sociologia, das Ciências da Comunicação, da Semiótica e da Linguística Cognitiva para o estudo do enquadramento no campo do jornalismo são uma ferramenta indispensável para perceber porque as notícias são como são.

    14.60€
  • Margarida Marante

    Biografia de uma personagem misteriosa e sedutora que marcou o seu tempo, Margarida Marante foi  jornalista, estrela de televisão, temida e respeitada por políticos. Os dramas da vida pessoal levaram-na pelo perigoso caminho do consumo de drogas rumo ao abismo.

    De nada valeu a tentativa de “redenção” e a coragem em denunciar as violências sofridas. Margarida Marante morreu aos 53 anos longe dos holofotes da fama.

    15.90€
  • Informação Radiofónica

    A rádio permanece como um instrumento de comunicação de extrema utilidade, mas isso não significa que o lugar que hoje ocupa seja exatamente o mesmo de outros tempos. Centrando-se no caso português e identificando os seus temas, protagonistas e formas de expressão, Luís Bonixe debruça-se nesta obra sobre uma rádio que se situa num momento híbrido, caracterizado pela coexistência da emissão hertziana e um conjunto de conteúdos disponíveis nas plataformas digitais. A Informação Radiofónica – Rotinas e valores-notícia da reprodução da realidade na rádio portuguesa, de Luis Bonixe, é o 48º volume da coleção Media e Jornalismo, uma coleção de referência indispensável nas prateleiras de todo os profissionais e estudantes da área de Comunicação Social / Ciências da Comunicação.

    16.00€
  • Imprensa Portuense e os Desafios da Modernidade (a)

    Que transformações sofreram O Comércio do Porto, O Primeiro de Janeiro e o Jornal de Notícias, os três matutinos portuenses amplamente afirmados como títulos generalistas de implantação nacional e não apenas regional? A autora desta obra, Helena Lima, doutora e mestre em História Contemporânea, propõe uma análise da história, evolução e presente situação do caso específico da imprensa portuense, baseando-se numa investigação cuidada e exaustiva, enriquecida pelos depoimentos de variadíssimos profissionais da área. Mais um volume da coleção Media e Jornalismo, uma coleção de referência indispensável nas prateleiras de todo os profissionais e estudantes da área de Comunicação Social / Ciências da Comunicação, editada pela Livros Horizonte com o apoio do Centro de Investigação Media e Jornalismo (CIMJ) e o patrocínio do Gabinete para os Meios de Comunicação Social.

    16.96€
  • Jornais, Jornalistas e Jornalismo sec. XIX-XX

    Sob a organização de Ana Cabrera, os autores de Jornais, Jornalistas e Jornalismo propõem-nos uma viagem pela história dos jornais nacionais, um conjunto de ensaios analíticos e interpretativos, com o objetivo de revelar a evolução tanto do meio de comunicação como da própria profissão, cujas finalidades (plurais) se vão alterando, definindo e autonomizando com o decorrer do tempo. Todos estes estudos têm em comum serem abordagens históricas que analisam a imprensa, os jornalistas ou o jornalismo em diversas perspetivas, para distintas épocas e segundo diferentes ângulos.

    19.08€
  • Memórias da Telenovela-Programas e Recepção

    Memórias da Telenovela apresenta e sistematiza um dos géneros televisivos de maior audiência no nosso país. De Gabriela, Cravo e Canela às produções nacionais mais recentes, a autora mostra-nos o percurso deste formato e do seu impacto na sociedade, atestado pelo conjunto de dados expostos e analisados neste volume, base para o estudo de um fenómeno que retrata e se adapta às épocas e aos costumes vigentes, ao mesmo tempo que também os influencia.

    18.00€
  • As Origens da Reportagem-Televisão

    Continuando o percurso iniciado em As Origens da Reportagem – Imprensa, este volume aprofunda a vertente televisiva da reportagem, feita a partir de sons e imagens de acontecimentos reais: a reportagem como obra que parte de um acontecimento para construir uma experiência própria, um “fantasma” que, como afirma Anders, tem autonomia, validade e regras próprias. Apresentando a história da própria televisão e entrecruzando-a com a da reportagem, o autor traça o percurso internacional do crescimento, desenvolvimento, definição e instrumentalização do género, quando apropriado por este meio de comunicação e potenciado pela tecnologia.

    16.27€
  • Ciberjornalistas em Portugal, práticas, papéis e ética

    A Internet mudou o jornalismo. Dos jornais impressos às rádios e às televisões, todos os meios de comunicação social acompanharam o advento da web para fazer veicular as suas notícias e alcançar maior audiência. O ciberjornalismo, onde os valores tradicionais se fundem com as novas tecnologias e os jornalistas com as suas audiências, apresenta desafios sem precedentes na profissão. Os profissionais da área tiveram de adaptar-se a esta mudança vertiginosa nas suas práticas e nos seus papéis, bem como às expectativas do público: velocidade, actualização permanente da informação, interactividade, mas simultaneamente rigor, ética e credibilidade. Quem são, afinal, os ciberjornalistas em Portugal? No decurso de um trabalho rigoroso, Helder Bastos, investigador especialista em ciberjornalismo, traça o perfil destes novos profissionais, os desafios com que se deparam, bem como a implantação, a expansão, as limitações e os problemas de um novo ramo jornalístico.

    18.20€
  • Do Chumbo à Era Digital-13 leituras Jornalismo Portugal

    Da profissionalização dos jornalistas ao mediatismo do crime nas notícias, da censura às revistas políticas, dos últimos anos do Estado Novo à importância do “Espaço Público” nos jornais, da cobertura de notícias sobre a SIDA, a imigração, as eleições, o Euro, as crianças, ao papel da Internet para os jornalistas, aqui se reúnem treze artigos de investigadores na área dos media que traçam o perfil do jornalismo português das últimas décadas numa análise transversal da profissão desde os anos 30 até aos nossos dias.

    18.97€
  • Sistemas de Média:Estudo Comparativo-três modelos com Politica

    Análise da relação entre os meios de comunicação social e os sistemas políticos, Sistemas de Media: Estudo Comparativo faz uma pesquisa sobre as instituições de media em dezoito democracias da Europa Ocidental e da América do Norte. Identifica as principais diferenças nos sistemas em análise e as variáveis políticas que moldaram a sua evolução e apresenta três modelos principais de desenvolvimento – os modelos Pluralista Polarizado, Corporativista Democrático e Liberal – para explicar a razão por que os media desempenharam um papel diferente na política em cada um destes sistemas e para explorar as forças da mudança que estão presentemente a transformá-los. Produz uma informação-chave teórica sobre a relação entre os sistemas de media e os sistemas políticos, elementos da máxima importância sobre a metodologia da análise comparativa na comunicação política e uma descrição clara da variedade de instituições de media que se desenvolveram no Ocidente, entendida no quadro do respectivo contexto político e histórico.

    20.14€
  • Esgotado

    A Rádio e as Industrias Culturais

    Este livro apresenta-se como um contributo para o estudo da rádio, construindo uma perspectiva analítica do universo teórico do meio. Reflecte igualmente sobre os pressupostos económicos que orientam o seu desenvolvimento enquanto área de negócio em crescimento, conjugando estes dados com as tendências internacionais do sector. A rádio contemporânea é enquadrada num contexto de globalização dos fluxos de comunicação e cultura, que enquadra tanto a inovação tecnológica como a determinação económica das indústrias culturais em que a rádio se insere. Este aspecto relaciona também a rádio e a música para compreender a sua influência no consumo dos produtos culturais, nomeadamente ao nível da estratégia de marketing da música em Portugal. A publicidade na rádio, quer como fonte de financiamento quer como conteúdo do meio, é outro elemento observado, para compreender a relação que se estabelece entre entretenimento e marcas, definindo, desta forma, novos formatos para a publicidade na rádio. Defende-se que o nome das estações é, pela sua natureza, uma marca, analisando-se as estratégias de marketing da rádio em Portugal, na transição para o digital. São analisadas as plataformas digitais interactivas, apresentando definições sobre o seu sistema de comunicação, especificamente a rádio digital e a webradio.

    19.08€
  • Europa e os Média

    O livro analisa o papel dos meios de comunicação social, em particular da imprensa, no contexto do processo de integração europeia. Principais fontes de informação sobre a União Europeia (UE), os media têm sido perspectivados como o mais sólido ponto de contacto entre os cidadãos e as altas esferas de decisão comunitárias. Mas de que forma é que os assuntos europeus são tratados nos jornais? Que temas e vozes dominam as notícias? Até que ponto é que o discurso jornalístico difere consoante os países? Poder-se-á falar de um “Espaço Público Europeu”? A investigação aqui apresentada procura responder a estas e a outras questões com base numa análise da cobertura dos referendos ao Tratado que Estabelece uma Constituição para a Europa (TCE), em jornais de quatro Estados-membros (Espanha, França, Portugal e Reino Unido). Abandonado na sequência do “não” francês e holandês, o TCE foi substituído pelo Tratado de Lisboa, que entrou em vigor a 1 de Dezembro de 2009.

    16.96€
  • Jovens Média e Estereótipos

    O aumento nas estatísticas de situações de violência envolvendo crianças e jovens e o estigma que os leva, na maioria dos casos, e principalmente quando em situações de risco e abandono, a passar da posição de vítimas a vilões sociais, são os pressupostos básicos que motivaram a realização desta pesquisa. O meio utilizado para reflexão sobre a violência, a cidadania e a juventude, foi o cinema. Durante 6 meses a autora trabalhou com um grupo de jovens de uma escola dita problemática, de Lisboa, e com eles desenvolveu um projecto que incluiu exibição de filmes, debates, entrevistas, aulas sobre teoria e produção cinematográfica. No final, os alunos realizaram um documento audiovisual. Este livro fala-nos desta “aventura”. Pelo lugar que os media ocupam hoje na vida quotidiana, é imperativo que a criança/aluno deixe de ser um mero receptor, passivo e desprovido de reflexão crítica e se torne num espectador activo, explorador autónomo e actor da comunicação mediática.

    16.96€
  • Esgotado

    Crianças e Jovens em Noticia

    Vinte anos depois de Portugal ratificar a Convenção dos Direitos da Criança, as políticas ente relacionadas com a infância continuam pouco visíveis ou faladas. Porque os meios de comunicação são espaços fundamentais de visibilidade nas sociedade contemporâneas, e porque a forma como tratam as questões da infância e da juventude influencia o debate público sobre crianças e jovens, desenvolveu-se um projecto de investigação com o título desta obra. A discussão dos resultados teve lugar num seminário, o qual deu origem a este livro, que permita alargar a discussão pública do que é notícia e do que poderiam ser as notícias na perspectiva de um jornalismo (mais) atento aos direitos das crianças.

    19.08€
  • As Origens da Reportagem da Imprensa

    O que explica que, após décadas de exercício da profissão, um repórter se debruce sobre a reportagem? Sobretudo o seu espanto perante o facto de se produzirem reportagens em catadupa, sem que nenhum manual ou livro de estilo elucide claramente o que tem de específico a reportagem para oferecer em relação a outros géneros jornalísticos. Uma reportagem tanto pode ser um “catálogo de casos” que demonstre pela sua abundância a gravidade de um problema, como uma versão em miniatura de uma tese académica. Foi portanto com esta inquietação que o Autor percorreu o caminho da investigação académica procurando responder à questão: o que é a reportagem? A resposta procurou-se no jornalismo, mas também na etimologia, na filosofia, na história e na literatura.

    16.11€