Obras de Arte

  • The Smooth Guide to Travel Drawing

    Esta obra bilingue, em inglês e português, é literalmente um guia suave para o desenho em viagem. O seu autor, Eduardo Côrte-Real, Doutorado e docente em Desenho, apresenta aqui uma valiosa introdução com conselhos e indicações para todos os que pretendem aprofundar conhecimentos em Desenho, seguido de uma mostra rica dos seus desenhos a mão livre de vistas tomadas das mais diversas situações e países em todo o mundo. “Nesta obra, o artista funde-se com a paisagem, seja cidade ou montanha, árvore ou cadeira. O artista torna-se ele próprio um traço dinâmico e veloz que nos puxa gentilmente para as cores, os sons, os cheiros de cada um dos sítios e acaba assim por nos revelar novidade no mais visto dos lugares. E melhor: vai-nos sussurrando os modos de fazer, como se viajássemos nos passos e com os olhos de Eduardo Corte Real. Um autêntico miradouro portátil, este The Smooth Guide To Travel Drawing.” João Paulo Cotrim

    22.20€ 15.00€
  • Povoações Históricas de Angola

    Para todos os que conhecem Angola, é um álbum de recordações. Para quem não conhece é o convite a uma experiência única: Uma viagem pelas Povoações Históricas de Angola. Este álbum apresenta fotos de grande beleza artística de diversas povoações de Angola, apresentando-nos um levantamento metódico de sítios e da arquitectura de há cerca de meio século atrás. O texto, que o editor optou por conservar sem alterações, está datado, mostrando-nos o enfoque, o ponto de vista de uma época. As imagens, a preto e branco, de profunda expressão plástica, possuem uma intensidade única. Mais que um álbum, o livro é uma sucessão de janelas para outro espaço e tempo, através das quais conseguimos quase sentir os cheiros, o calor da terra e o pulsar da vida.

    38.16€ 18.00€
  • Destino de Peixe

    «O título, “Destino de Peixe”, […] abre-nos as portas da imaginação: os barcos abandonados nos sapais, as redes como espuma ao vento, o céu e os mares azuis a perderem-se no horizonte. Na complementaridade dos seus Poemas e Fotografias, as autoras transmitem-nos um olhar pleno de intimidade sobre um Portugal que os que aqui nascemos, tendemos muitas vezes a ignorar. Um olhar que é ao mesmo tempo poético e antropológico, pictural e sentimental. Não um simples retrato, afinal, mas uma procura sensível deste país e da memória histórica da sua atitude em face do “Mar – Oceano” em contraponto com o destino – o destino do peixe e o destino do homem que se cruzam: “Rezem para que as almas dos pescadores regressem”, “… peixes, cujas almas fogem a voar.” “História familiar” do peixe-alimento e do peixe-imaginário. Visão patente nos pratos de cerâmica decorativa que trazem o mar e o peixe para o quotidiano das nossas casas. As meta-fotografias de Brigitte d’Ozouville mostram-nos múltiplas dimensões desta realidade e revelam-na nas abstracções das tintas usadas pelo tempo e pela salsugem ou no entrelaçado das redes modelando a dinâmica das vagas. Universo marcado pela presença do homem como deus ex-machina, o braço que controla a chave do mundo tecnológico em que o pescado se empilha nas “…caixas metálicas bem fechadas” nas palavras de Isabelle Lebastard. » Professor Mário Ruivo

    20.14€ 12.00€
  • Clepsidra e Outros Poemas

    O Álbum desta edição da Clepsidra, de grande beleza, contém no seu prefácio uma síntese do percurso biográfico (e bibliográfico) de Camilo Pessanha – de importância fundamental para uma melhor compreensão do autor.

    33.30€
  • Estações Ferroviárias Portuguesas

    Pode causar uma sensação curiosa a visão de estações que nos aparecem como conhecidas e, simultaneamente, desconhecidas – Amadora, Sintra, Rossio, Campanhã –, e outras, onde se reconhece algo do que estamos habituados; o relevo, por vezes exactamente os mesmos edifícios principais e até mesmo algo dos edifícios em redor, mas em que tudo o resto é bem distinto da actualidade: os comboios, as pessoas, a construção envolvente, o ambiente, até mesmo o ritmo de vida transparece das imagens. Pedaços cristalizados de um tempo totalmente outro. As estações são paragens. E estas são paragens no tempo. Através dos postais lançamos um olhar através de uma janela, para a época das grandes locomotivas e da tecnologia pesada, mas também para o modo de vestir, a Arquitectura, a publicidade, os preços. Para maior facilidade de consulta, inseriu-se na página de abertura de cada região, um mapa com a localização de todas as estações representadas no álbum.

    37.86€ 18.00€
  • Postais Ilustrados. Eça de Queiroz

    As mensagens contidas nos bilhetes postais de Eça para os seus familiares, apesar de muito simples e breves, suscitam questões pertinentes que dizem respeito à personalidade do autor, às suas relações com os filhos e ao seu estado de saúde, inexoravelmente fragilizado nos últimos anos de vida. Como ilustrações, esses postais apresentam um valor intrínseco de carácter histórico, antropológico e iconográfico que se nos impõe à primeira vista.

    25.14€ 15.00€
  • A Luz e a Paisagem. Criar Paisagens Nocturnas

    Roger Narboni prossegue aqui a sua reflexão sobre a luz urbana, tarefa na qual se vem empenhando há quinze anos. Fá-Io ao colocar a questão da relação da luz urbana com a paisagem, domínio em constante mutação. Nesta obra se explica como a correcta iluminação de uma paisagem pode desempenhar um verdadeiro papel de catalisador, ao revelar toda a sua beleza e diversidade e ao encorajar, simultaneamente, a sua redescoberta ao cair da noite. As montanhas, as colinas, o mar, os rios, as florestas ou, ao invés, as paisagens urbanas ou industriais: todos têm um imenso potencial de encenação nocturna. Produzido a partir do olhar de um designer de luz, este livro é dirigido a todos os que trabalham neste campo e apresenta-se como um valioso auxiliar para todos os donos de obra e responsáveis técnicos.

    63.60€ 22.00€
  • Fotógrafos “à La Minuta”

    Hoje, quase desapareceram os fotógrafos “à la minuta”. Como tantas outras profissões, que os novos costumes e a tecnologia tornaram pouco rentáveis e fora de moda, eles estão em vias de extinção. E, todavia, não há muito anos era vê-los nas praças, nos jardins, junto aos monumentos mais visitados, em locais estratégicos de vilas e cidades, em sítios de encenação natural e publicidade garantida. Disparado o clique, após rápidas e atenciosas poses, mão habilidosa mergulhava na escuridão do caixote e, em poucos segundos de experientes truques e manipulações, de lá extraíam um pedaço de papel húmido e brilhante com a imagem desejada. Mais uns instantes ainda, de lavagem e secagem, e ei-la pronta para ser retrato, recordação, fetiche, página de álbum, galeria de memórias, ex-voto de promessas e devoções. Apesar do seu contributo inestimável para a popularização da fotografia, eles têm sido praticamente esquecidos. Era pois urgente que, enquanto ainda existem, fossem objecto de estudo e divulgação, como bem o compreendeu José Borges ao dedicar-lhes este livro. ARTUR GOULART

    44.52€ 16.00€
  • Guimarães. Património da Humanidade através do bilhete postal ilustrado

    Neste livro, José da Silva Passos evoca a cidade de Guimarães em 244 bilhetes postais ilustrados topográficos, num misto de homenagem e emoção pela sua classificação como Património da Humanidade em 2001. Através destas belíssimas reproduções é-nos possível, ainda, visitar “sítios de cultura e história” como Azurém, Caldas das Taipas, Citânia de Briteiros e São Torcato.

    46.64€ 16.00€
  • Imagens do Portugal Queiroziano

    – Grande panorama! – disse o conselheiro com ênfase. – E encetou logo o elogio da cidade. Era uma das mais belas da Europa, decerto, e como entrada só Constantinopla! Os estrangeiros invejavam-na imenso. Fora outrora um grande empório, e era uma pena que a canalisação fosse tão má, e a edilidade tão negligente! [O Primo Basílio, cap. VII] O propósito essencial deste trabalho é fixar fotograficamente as paisagens naturais e urbanas e os edifícios descritos na novelística de Eça de Queiroz, respeitantes a Portugal, tal como hoje se nos deparam,e, em alguns casos, através de imagens da época, complementando essas imagens com os textos que lhes correspondem.

    60.57€ 22.00€
  • A Louça de Viana

    O livro A Louça de Viana. Na época áurea da faiança portuguesa, ilustrado com mais de cem belíssimas reproduções de espécimes de cerâmica artística, surge num momento de alguma incerteza perante o futuro, em que os riscos de estagnação na área desta forma de arte se multiplicam, e no qual se augura que a recuperação da história da faiança de Viana possa contribuir para estimular a inovação e a criatividade. Deseja-se, com este livro, contribuir para o futuro da cerâmica artística, que já no último quartel do século XVIII e na primeira metade do século XIX, apesar das perturbações políticas, sociais e económicas que afligiram o país, ficou ligada a uma das mais singulares experiências de vivência estética, a nível da produção, não erudita, e da presença da arte no quotidiano de uma multidão de cidadãos, que não apenas os mais afortunados.

    35.33€ 15.00€
  • Geração Africana-2ª.Edição

    Este trabalho parte da noção de que a arquitectura e o urbanismo de raiz portuguesa, afirmados ao longo do século XX – e que têm merecido amplo estudo na área europeia e ibérica, nos anos mais recentes – só serão completa e coerentemente entendidos se for estudada a sua presença e paralela afirmação nas áreas ultramarinas. Escolhendo os territórios de Angola e de Moçambique – os mais signi-ficativos no tempo considerado, entre as várias áreas ex-coloniais –, o presente ensaio pretende constituir um primeiro contributo para aquele estudo, que se deseja venha a ser cada vez mais global. É também importante referir que se entende e interpreta aqui o “Século XX” como tendo, no contexto português, o seu verdadeiro ou efectivo início após a I Guerra Mundial, aproximadamente no dealbar do segundo quartel de novecentos. Por outro lado, este estudo incide sobretudo na fase histórica até 1975 – ou seja, até ao tempo das independências dos espaços africanos considerados – pois obviamente se trata aqui de analisar a temática urbano-arquitectónica de raiz, influência e contexto cultural português, aspecto que se transforma totalmente depois dessa data. Desta forma, falar do tema arquitectura-urbanismo na “África Portu-guesa” é sobretudo falar do meio século situado entre 1925 e 1975. Na presente obra faz-se a articulação da informação histórica, publicada ou inédita, com dados mais recentes, e com uma recolha oral e audiovisual fruto de testemunhos directos procurando organizar uma reflexão e uma primeira síntese sobre essa documentação e esses testemunhos. É ainda necessário referir e justificar que o entendimento do presente estudo é o de articular a experiência urbana e urbanística com a obra e a prática arquitectónicas – tanto mais que muitos dos profissionais envolvidos e aqui referidos trabalharam nos dois campos em simultâneo – pois entendemos aqueles dois campos de criação e de conhecimento como complementares, indissociáveis e, num certo sentido, interactivos.

    31.80€ 18.00€
  • O Mistério da Estrada de Ponte do Lima – António Feijó e Eça de Queiroz,

    Apresentam-se, nesta edição, estreitas e até agora desconhecidas relações de amizade entre o poeta António Feijó e Eça de Queiroz e até surpreendentes afinidades entre ambos. Coincidência extraordinária é Feijó, a caminho de Estocolmo, onde era diplomata, ter ido a Neuilly com a intenção de participar o seu casa-mento ao casal Queiroz, na altura em que o romancista falecia. Constituem um precioso testemunho os comentários do poeta à personalidade e à obra de Eça de Queiroz, cuja estatueta, modelada por Francisco da Silva Gouveia em 1900, ele tinha sobre a sua secretária chamando-lhe «o nosso ídolo». O motivo principal deste livro é, todavia, a publi-cação integral de O Mistério da Estrada de Ponte do Lima, ou História dos Carecas, divertida efabulação engendrada por António Feijó, em 1880, no jornal O Comércio do Lima, de evidente inspiração queiroziana, que alvoroçou a sua terra natal e permanece, ainda hoje, na memória de muitos pontelimenses. A carta de António Feijó a João Gomes (cap. III), onde o poeta evoca a criação dos «Carecas», 32 anos mais tarde, constitui um dos mais interessantes e mais vivos documentos da sua extensa correspondência. Complementa a edição uma antologia de poemas de António Feijó e algumas cartas inéditas.

    21.14€ 12.00€
  • Ilustrações e Ilustradores na Obra de Eça de Queiroz

    A recolha das ilustrações da obra de Eça de Queiroz aqui apresentada, que abrange um período de 130 anos – entre 1871, data da capa de As Farpas, concebida por Manuel de Macedo, e Outubro de 2001, data do desenho de António inspirado pelos textos da polémica Eça-Pinheiro Chagas –, constitui nos estudos queirozianos uma absoluta novidade, de que a sua bibliografia carecia. A escrita eminentemente imagética do autor de A Relíquia facilita expressões plásticas de forte recorte visual, que vêm complementar o seu estilo inconfundível. Este álbum contém cerca de 600 gravuras que recriam personagens, episódios, diálogos e cenas, de que cada leitor terá já construído, mentalmente, uma imagem, que pode agora confrontar com estas interpretações. Assim se irá coroar, indelevelmente, o surto enorme de publicações que as comemorações queiro-zianas do ano 2000 suscitaram, evidenciando, uma vez mais, a qualidade única desse grande artista que foi Eça de Queiroz.

    47.58€ 18.00€
  • Costumes Portugueses

    São 160 postais ilustrados da primeira metade do século xx, seleccionados por este importante coleccionador que, através da sua reprodução em livro, quer manter vivo na memória colectiva o melhor da nossa tradição. É assim que ante os nossos olhos desfilam o Gaiteiro, a Tricana de Coimbra, as pequenas Vindimadeiras de Évora, as Ovarinas de Lisboa, a Cegadeira de Caldelas, entre muitos outros personagens típicos de outros tempos. Mas de costumes trata esta obra e por isso aqui vamos encontrar os característicos trabalhos rurais – a tralhoada, a apanha da cortiça, a descamisada, a monda, a colheita da azeitona –, e marítimos – a apanha do sargaço, a arrematação da sardinha, a chegada do barco carregado de peixe, o transporte do vinho do Porto… pedaços da alma portuguesa que urge preservar.

    32.78€ 15.00€
  • Cidades e Arquitecturas

    Década e meia de viagens de estudo. trabalho ou simples passeio levaram o autor aos mais diversos locais do mundo, entre mares, ilhas e continentes; através dessas viagens pôde conhecer e comparar inúmeras cidades e suas arquitecturas, antigas ou modernas, construídas anonimamente ou por arquitectos consagrados. Descrever e analisar o espaço urbano e as obras nele construídas, comparar as cidades e suas arquitecturas, constitui desde sempre um exercício empolgante, pois deste modo se podem compreender aspectos das culturas envolvidas, as suas características profundas, até mesmo os contrastes civilizacionais que elas enfrentam, num tempo de desenvolvimento tão extraordinário como contraditório. Esta colectânea de artigos e textos diversos, redigidos desde 1985, inclui temas como o dos espaços trans-oceânicos de histórica influência portuguesa, a visita a diversas urbes da europa, e às vastas metrópoles da América, Ásia e África.

    37.01€ 18.00€